Comunistas.info
Comunistas.info
Comunistas.info
INSCRI«√ONEWSLETTERLINKSCONTACTOS.
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
ACTUALIDADE INTERNACIONAL
Ver mais
31 DE OUTUBRO DE 2008, SEXTA FEIRA
Guilherme da Fonseca-Statter
Leia a cr√≥nica de Guilherme da Fonseca-Statter sobre as palavras interditas made USA. ‚ÄúNos Estados Unidos ‚Ķ o combate ideol√≥gico foi de tal ordem bem sucedido, que ao longo das √ļltimas d√©cadas era ‚Äúpecado mortal‚ÄĚ pronunciar em p√ļblico palavras que tivessem algo a ver com Marx, marxismo e socialismo. Os pol√≠ticos da ‚Äúala esquerda‚ÄĚ do Partido Democrata podiam, sem d√ļvida, procurar implementar pol√≠ticas socializantes ou de cariz ‚Äúproto-socialistas‚ÄĚ. N√£o podiam era p√īr-lhes o nome ou o adjectivo... Isso seria muito, mas mesmo muito, perigoso para qualquer carreira pol√≠tica. ‚Äú

Ver mais
28 DE OUTUBRO DE 2008, TERÇA FEIRA
Noam Chomsky
"A liberalização financeira teve efeitos para muito além da economia. Há muito que se compreendeu que era uma arma poderosa contra a democracia. O movimento livre dos capitais cria o que alguns chamaram de "parlamento virtual" de investidores e credores, que controlam de perto os programas governamentais e "votam" contra eles, se os consideram "irracionais", quer dizer, se forem em benefício do povo e não do poder privado concentrado." Leia este artigo de Noam Chomsky, publicado no The Irish Times, na tradução do Esquerda.net

Ver mais
25 DE OUTUBRO DE 2008, S√ĀBADO
Paul Boccara
"A esquerda deve ir para al√©m dessa alternativa tradicional entre mercado e Estado" e fazer propostas "operativas, audazes e populares" face √† "crise sist√©mica" de um sistema capitalista que "enlouqueceu‚ÄĚ ‚Äď prop√Ķe o economista e historiador marxista Paul Boccara. Ex-membro do Conselho Nacional do Partido Comunista Franc√™s, Boccara v√™ a crise com os olhos de quem procura as alavancas sociais e pol√≠ticas que possam super√°-la nas suas bases estruturais. Publicou este texto no dossier sobre a Crise Financeira do di√°rio L'Humanit√©.

Ver mais
22 DE OUTUBRO DE 2008, QUARTA-FEIRA
Immanuel Wallerstein *
Depois de termos apresentado a entrevista que Imannuel Wallerstein concedeu ao jornal Le Monde (11/10/08) sobre o fim do capitalismo, publicamos hoje em portugu√™s um artigo complementar, publicado inicialmente no jornal mexicano La Jornada (19/10/08): ‚ÄúA depress√£o j√° come√ßou. Um tanto coibidos, os jornalistas perguntam aos economistas se n√£o estar√≠amos apenas a entrar numa mera recess√£o. N√£o acreditem neles nem por um minuto. Estamos j√° no come√ßo de uma depress√£o mundial de grande envergadura, com desemprego massivo em quase todo a parte. Pode assumir a forma de uma defla√ß√£o nominal cl√°ssica, com todas suas consequ√™ncias negativas para a gente comum. √Č um pouco menos prov√°vel que assuma a forma de infla√ß√£o galopante, que √© simplesmente outro forma pela qual os valores caiem, o que inclusive √© o pior para as pessoas comuns.‚ÄĚ

Ver mais
21 DE OUTUBRO DE 2008, TERÇA FEIRA
François Chesnais**
Publicamos hoje em espanhol o texto de uma confer√™ncia feita por Alain Chesnais em Buenos Aires, no passado dia 18 de Setembro, a convite da revista Herramienta: ‚Äúa crise vai desenvolver-se de tal modo que as primeiras e realmente brutais manifesta√ß√Ķes da crise clim√°tica mundial v√£o combinar-se com a crise do capital enquanto tal‚ÄĚ (da tradu√ß√£o do Esquerda.net).

Ver mais
17 DE OUTUBRO DE 2008, SEXTA FEIRA
Entrevista a Immanuel Wallerstein.
Immanuel Wallerstein, investigador do Departamento de Sociologia da Universidade de Yale, ex-presidente da Associação Internacional de Sociologia e signatário do manifesto do Fórum Social de Porto Alegre (Doze propostas para um outro mundo possível), em 2005, e considerado como um dos inspiradores do movimento alternativo à globalização concedeu uma entrevista ao Le Monde, em 11/10/08. Leia no nosso site esta entrevista em francês. Há uma tradução para português aqui .

Ver mais
16 DE OUTUBRO DE 2008, QUINTA FEIRA
Entrevista a Paul Krugman, Prémio Nobel de economia
Paul Krugman, professor de economia da Universidade de Princeton e editorialista do jornal New York Times, acaba de receber o Pr√©mio Nobel de Economia de 2008. Nesta entrevista que apareceu no n√ļmero de Outubro de Alternatives Economiques, analisa a situa√ß√£o social americana. A entrevista est√° em franc√™s. Para outras informa√ß√Ķes sobre a revista e as elei√ß√Ķes americanas remetemos para o site da revista. Pode encontrar uma tradu√ß√£o para portugu√™s na Ag√™ncia Carta Maior

Ver mais
12 DE OUTUBRO DE 2008, DOMINGO
Por Walden Bello (*)
Economista e cientista pol√≠tico filipino, Walden Bello ‚ÄĒ um cr√≠tico agudo do conservadorismo neoliberal ‚Äď explica, na forma popular de perguntas e respostas, as raz√Ķes e os fundamentos da crise financeira iniciada em Wall Street. Tradu√ß√£o do Vermelho, a partir da vers√£o espanhola da Revista Sin Permiso

Ver mais
01 DE OUTUBRO DE 2008, QUARTA-FEIRA
‚ÄúMarx n√£o regressar√° como uma inspira√ß√£o pol√≠tica para a esquerda at√© que se compreenda que seus escritos n√£o devem ser tratados como programas pol√≠ticos, mas sim como um caminho para entender a natureza do desenvolvimento capitalista‚ÄĚ. A an√°lise √© de Eric Hobsbawm, considerado um dos maiores historiadores vivos. Leia aqui a entrevista concedida a Marcello Musto da revista Sin Permiso e traduzida para portugu√™s pela Ag√™ncia Carta Maior