Comunistas.info
Comunistas.info
Comunistas.info
INSCRI«√ONEWSLETTERLINKSCONTACTOS.
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
-
11 DE MAIO DE 2023, QUINTA FEIRA
√Č necess√°rio reconstruir o di√°logo √† esquerda para resolver os problemas do pa√≠s
Publica-se a nota da Renovação Comunista a propósito da recente querela entre órgãos de soberania.
Ao recusar mexidas no governo, Ant√≥nio Costa travou de imediato a opera√ß√£o da direita e extrema-direita que procurava levar o pa√≠s para elei√ß√Ķes antecipadas.

Embora em graus de investimento diferenciados, entre a extrema-direita, o PSD e o Presidente, todo o campo pol?tico da direita ambicionava e ambiciona fazer cair o governo e tudo apostaram em vicissitudes de conduta governativa, discut?veis e critic?veis, para gerar um clima favor?vel ? dissolu??o do parlamento.

Neste processo, a conduta presidencial com constante evoca??o p?blica dos seus poderes de dissolu??o, gerou crispa??o aumentada entre ?rg?os de soberania o que n?o contribui para o funcionamento regular das institui??es democr?ticas.

Neste processo, reconhece-se que a direita cavalga o descontentamento provocado por uma governa??o socialista que se afastou para pior da linha que vigorou na ?poca dos acordos com a esquerda. Esse afastamento decorre com ostraciza??o das aspira??es de todo o eleitorado mais ? esquerda que antes votou PS por temer a eterniza??o da crise desencadeada pela rotura negocial em torno do or?amento.

Esse eleitorado tinha, e tem, a espectativa de que o governo do partido socialista continuaria uma pol?tica de rendimentos que melhorasse a resposta ? infla??o, enfrentasse a crise da habita??o, desse prioridade ? requalifica??o dos grandes servi?os p?blicos e conseguisse encetar um caminho din?mico de desenvolvimento.

Essa espectativa tem sido em boa parte frustrada, com impasses evidentes onde avulta o caso mais saliente dos professores.

Foi igualmente frustrante que a enunciada inten??o de defender a TAP p?blica tivesse sido invertida, de repente, com a ado??o do caminho da privatiza??o.

A privatiza??o da TAP afronta o sentimento do pa?s que entende, justamente, que a privatiza??o aliena um ativo necess?rio para alavancar o desenvolvimento e frusta, sobretudo, o que foi o empenho dos trabalhadores da TAP em contribuir para reequilibrar os desmandos da m? gest?o da companhia. Os trabalhadores da TAP, aceitaram sacrificar drasticamente as suas condi??es de trabalho para salvar a empresa no horizonte da sua manuten??o no setor p?blico.

Afinal, todo o seu esfor?o vai redundar em benef?cio dos futuros compradores.

? a mudan?a de orienta??o do governo do PS, para pior, em rela??o ao per?odo dos acordos com a esquerda que explica o avolumar de incidentes da governa??o com penaliza??o da sua base de apoio, expressa em in?meros estudos de opini?o.

Se foi positivo ter-se para j? travado a campanha da direita para derrubar do governo, ? bom ter consci?ncia que s? uma correc??o de rumo, no sentido de promover maior independ?ncia da tutela do grande capital e do patronato, poder? sustentar a prazo um caminho de progresso. Para al?m disso, a situa??o suscita que essas mudan?as, necess?rias, sejam sinalizadas com um refrescamento do pessoal pol?tico do governo por via de uma remodela??o preparada com tempo e que permita melhores condi??es para enfrentar os problemas do pa?s.

A barreira por agora erguida aos planos da direita, s? se consolidar? ? esquerda e s? ? esquerda o pa?s poder? encontrar o caminho do desenvolvimento e justi?a social.


 

O seu coment√°rio
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório

Digite em baixo os caracteres desta imagem

Se tiver dificuldade em enviar o seu coment√°rio, ou se preferir, pode enviar para o e-mail newsletter@comunistas.info.