Comunistas.infoComunistas.infoComunistas.info
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
-
10 DE MAIO DE 2021, SEGUNDA FEIRA
FONTE: RC
POR: José Cavalheiro
Clube de Saude do Porto
Mais vale prevenir do que remediar
A saúde, os ganhos a obter por políticas concretas, carece da ação da população e da opinião pública. É por isso que, no Porto, se está a formar o clube de saúde do Porto.

Segundo a Carta de Otawa* :

“A promoção da saúde está para além da prestação de cuidados de saúde. Inscreve a saúde na agenda dos decisores políticos, em todos os sectores e a todos os níveis, consciencializando-os das consequências para a saúde das suas decisões e levando-os a assumir as responsabilidades neste campo."

A acção coordenada que leva à saúde, ao rendimento e às políticas sociais, cria maior equidade. A acção conjunta contribui para garantir bens e serviços mais seguros e saudáveis, instituições públicas mais saudáveis, ambientes limpos e mais aprazíveis. Uma política de promoção da saúde exige a identificação de obstáculos para a adopção de políticas públicas em sectores não estritamente de saúde, e propostas para os ultrapassar.

… Não se pode isolar a saúde de outros interesses. Os elos indissolúveis entre a população e o seu meio constituem a base para uma abordagem socio-ecológica da saúde. ….

É preciso assegurar a conservação dos recursos naturais do planeta, numa perspectiva de responsabilidade global.

…. A promoção da saúde gera condições de vida e de trabalho seguras, estimulantes, satisfatórias e agradáveis. É essencial avaliar sistematicamente o impacte que o ambiente, em rápida evolução, tem na saúde – particularmente nas áreas da tecnologia, do trabalho, da produção de energia e da urbanização. Desta avaliação deverão decorrer acções que assegurem benefícios positivos para a saúde pública. A protecção dos ambientes naturais ou criados pelo Homem e a conservação dos recursos naturais devem ser tidos em conta em qualquer estratégia de promoção.”

Esta é uma abordagem essencial para “alargar o perimetro do Serviço Nacional de Saúde a todos os actores sociais das comunidades-familias, escolas,serviços de saúde.autarquias, segurança social, associações,empresas forças de segurança, mum movimento de coordenação de competencias, capacidades, recursos e influencia social para conseguir a maior esperança de vida saudável”**

Tratar e curar, o foco essencial dos nossos serviços de saúde, tem de ser antecedido por uma acção constante, de forma a prevenir a doença e contribuir para para evitar o uso quase exclusivo do medicamento e do tratamento como forma de resolução de muitos problemas, quando os mesmos podem ser evitados actuando aos mais variados níveis: educação, ambiente, habitação, alimentação, condições de trabalho…

Esta acção constante tem de partir da população em geral, através de uma adesão voluntária para quem tratar da saúde seja um dos prazeres da vida; uma actividade organizada e voluntária que não corresponde a um figurino oficial, mas de um grupo de indivíduos livremente associados, ou seja dum CLUBE. Um clube cujo objectivo é a promoção e protecção da saúde ao longo da vida, procurando a redução da doença e dos traumas que a podem provocar.

Só uma acção de proximidade, colocando as pessoas em primeiro lugar permitirá a flexibilidade de actuação que permita não só fomentar a prevenção da doença como criar as condições propicias a que a prevenção da saude possa entrar na agenda do desenvolvimento económico, tal como o tratamento da doença já conseguiu alcançar.

Um clube que tem de funcionar numa base de proximidade, com uma actuação pro activa capaz de mobilizar e articular variados acores sociais de forma a permitir aumentar a esperança de vida sem incapacidades, um clube cuja vitória será conseguir aumentar a esperança de vida saudável, um clube local, o CLUBE DE SAÚDE DO PORTO.


*1ª Conferência Internacional sobre Promoção da Saúde Ottawa, Canadá, Novembro de 1986
** Cipriano Justo, La valse a quatre temps , ed. Letras Paralelas


 

O seu comentário
Os campos assinalados com * são de preenchimento obrigatório

Digite em baixo os caracteres desta imagem

Se tiver dificuldade em enviar o seu comentário, ou se preferir, pode enviar para o e-mail newsletter@comunistas.info.