Comunistas.info
Comunistas.info
Comunistas.info
INSCRI«√ONEWSLETTERLINKSCONTACTOS.
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
ACTUALIDADE NACIONAL
Ver mais
29 DE DEZEMBRO DE 2013, DOMINGO
FONTE: O P√ļblico
POR: Cipriano Justo
No plano político-partidário europeu, o ano de 2013 encerra com um acontecimento cuja maturação levou quase três meses, está concretizado em mais de 180 páginas, foi celebrado na Alemanha entre a CDU/CSU e o SPD e irá governar aquele país nos próximos quatro anos.

Ver mais
06 DE DEZEMBRO DE 2013, SEXTA FEIRA
O problema que pode estar a criar mais dificuldades no centro-esquerda e na esquerda portuguesa, aquele que ter√° de fazer toda a diferen√ßa com as actuais pol√≠ticas, s√£o as medidas a tomar por um governo sa√≠do das pr√≥ximas elei√ß√Ķes legislativas, dado n√£o s√≥ o ponto de partida e o contexto em que t√™m de ser tomadas, mas tamb√©m as expectativas com que vai ter de lidar. O caderno de encargos do desafio √© particularmente exigente. Por essa raz√£o, come√ßa a tornar-se obrigat√≥ria a produ√ß√£o, j√° n√£o s√≥ de linhas program√°ticas mas das medidas concretas que o centro-esquerda/esquerda est√£o em condi√ß√Ķes de aplicar.

Ver mais
06 DE DEZEMBRO DE 2013, SEXTA FEIRA
José Reis
Os Or√ßamentos do Estado t√™m sido os instrumentos da regress√£o econ√≥mica, social e pol√≠tica do pa√≠s. S√£o a concretiza√ß√£o da m√£o ideol√≥gica reacion√°ria (no sentido exato que os constitucionalistas d√£o a este termo) do governo. Consagram a desvaloriza√ß√£o do trabalho e a fria retirada de patamares sociais dificilmente alcan√ßados. Promovem as desmontagem pe√ßa-a-pe√ßa do Estado, quer enquanto aparelho de administra√ß√£o da sociedade, quer enquanto Estado Social, quer ainda enquanto inst√Ęncia pol√≠tica soberana e leg√≠tima, acelerando a sua coopta√ß√£o pelos interesses. S√£o, enfim, o ve√≠culo da privatiza√ß√£o e do predom√≠nio sem limites da sociedade de mercado que os liberais tomam como seu credo mais elevado.

Ver mais
06 DE DEZEMBRO DE 2013, SEXTA FEIRA
Paulo Fidalgo
A luta social n√£o p√°ra por causa das festas ‚Äď empobrecidas - que se avizinham. O drama dos oper√°rios dos Estaleiros de Viana e dos trabalhadores dos CTTs, indigna o pa√≠s. Com eles aprende-se hoje, porventura mais depressa, o quanto importa conquistar uma mudan√ßa pol√≠tica que reponha a esperan√ßa.