Comunistas.infoComunistas.infoComunistas.info
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
-Doro Heyenn, a candidata do Die Linke
24 DE FEVEREIRO DE 2008, DOMINGO
provável o avanço do Die Linke
As eleições alemãs em Hamburgo são hoje
Uma vez mais, o partido Die Linke (as Esquerdas), a esquerda radical na expressão do Le Monde, poderá vir a jogar uma papel de perturbador na formação do senado. Animado pelo seu sucesso na Baixa Saxónia e no Hesse, o partido surge creditado com quase 9% das intenções de voto em Hamburgo, segundo o jornal Le Monde. Leia mais informação no site World Socialist Web Site do Comité Internacional da IV Internacional
As eleições em dois Estados alemães do Hesse e da Baixa Saxónia no último domingo revelaram uma pronunciada viragem á esquerda.

Em ambos os Estados, o recém formado partido das Esquerdas foi capaz de superar a barreira dos 5 % necessária para ganhar lugares no parlamento estadual. No Hesse, onde o Partido Social-Democrata (SPD) foi igualmente capaz de melhorar a sua votação em comparação com eleições anteriores, o Partido das Esquerdas conseguiu um resultado acima dos 5%. Na Baixa Saxónia, onde ambos o SPD e o Partido Democrata Cristão (CDU) perderam votos, o Partido das Esquerdas consegiu 7,1% se bem que os seus candidatos e o seu pessoal político fosse largamente desconhecido do eleitorado.

O Partido das Esquerdas emergiu da unificação do Partido Alemão do Socialismo Democrático da República Democrática Alemã (o anterior partido hegemónico de orientação estalinista, SED) e a formação alemã ocidental WASG, a qual reunia fundamentalmente funcionários de longa data do aparelho sindical e membros descontentes do SPD. Os resultados eleitorais no Hesse e na Baixa Saxónia representam os primeiros ganhos significativos pelo Partido das Esquerdas no Estados ocidentais da Alemanha, embora o Partido tenha estado já envolvido no governo de um certo número de governos de Estados do Leste Alemão. É a primeira vez que uma nova organização conquista uma tal proeminência nacional desde o aparecimento do fenómeno do partido dos Verdes no final dos anos 70 do século XX.