Comunistas.infoComunistas.infoComunistas.info
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
ACTUALIDADE NACIONAL
28 DE SETEMBRO DE 2012, SEXTA FEIRA

Ver mais
23 DE SETEMBRO DE 2012, DOMINGO
Nota editorial da NewsLetter de Setembro de 2012
Desta vez a newsletter da Renovação Comunista sai na esteira de uma grande afirmação popular. Mesmo sem que uma alternativa verosímil possa estar desenhada, a onda popular não pôde ser contida e desaguou em grandes momentos de afirmação na rua. E mais do que isso, alcançou um objectivo concreto: fez recuar a TSU, uma medida que visava não apenas um novo patamar da ofensiva neoliberal para forçar o seu programa económico, mas foi sentida instintivamente como uma deslocação das relações de classe a desfavor do trabalho.

Ver mais
22 DE SETEMBRO DE 2012, SÁBADO
Cipriano Justo
No curto prazo de uma semana este Governo ficou rodeado de inimigos por todos os lados menos por um, a porta de saída, o único caminho amigo que ainda lhe sobra para sair pelo seu próprio pé. O caos não é o Governo demitir-se, ou ser demitido, o caos está instalado na vida dos portugueses e as reacções às medidas anunciadas a 7 e 11 de Setembro só vieram revelar a intensidade da ira que se foi acumulando desde que teve início a aplicação das medidas de austeridade. No 15 de Setembro, em todas as praças do país, o que vinha dividindo o Governo dos portugueses sofreu tal fractura que ficou exposto em toda a sua crueza o osso do problema: é preciso que tudo mude para que a democracia continue a ser o melhor dos sistemas.

Ver mais
21 DE SETEMBRO DE 2012, SEXTA FEIRA
Paulo Fidalgo
Depois de meses de lenta acumulação de tensões e protesto, a resposta popular aumentou subitamente de intensidade em acções de grande envergadura e ofensiva mais generalizada. Durante algumas semanas avaliámos a situação como estando marcada de tal maneira pela falta de perspectivas políticas à esquerda que a ausência de convergência estava a tornar- se em factor de travagem da resposta popular e de certa maneira a ajudar à sobrevivência e impunidade da maioria de direita.