Comunistas.infoComunistas.infoComunistas.info
QUEM SOMOS
ACTUALIDADE
DESTAQUES
Ver mais
06 DE AGOSTO DE 2016, SÁBADO
POR: Vicenç Navarro
Em consequência do enorme domínio que as forças conservadoras têm nos maiores meios de difusão e comunicação, inclusive acadêmicos, na Espanha, o grau de desconhecimento das diversas teorias econômicas derivadas dos escritos de Karl Marx nesses meios é esmagador. Ler o artigo de Navarro aqui.

Ver mais
24 DE JULHO DE 2016, DOMINGO
O museu do Aljube é uma recordação dos anos negros da ditadura que justamente está disponível para o nosso estudo e para que não seja “apagada a memória”. E, também, para que não seja apagada a memória dos heróis que animaram a luta contra o fascismo e cujo exemplo molda a formação dos novos e assegura que a bandeira da liberdade continuará a ser agarrada pela estafeta das gerações. Carlos Brito, é um desses heróis que vai recordar-nos em breve a sua gesta como único antigo prisioneiro ainda vivo, que concretizou com sucesso a sua fuga da célebre prisão. E onde esteve sujeito à tortura das “gavetas do Aljube” minúsculos espaços onde os presos eram obrigados à quase imobilidade por longos períodos de tempo. Poder Carlos Brito testemunhar e contar-nos da sua história, no próprio local onde os eventos tiveram lugar, será para todos um momento singular de emoção e mobilização. A nossa Newsletter chama a vossa atenção para o anúncio próximo do evento. E deixa-vos com textos sobre a avaliação da situação política e sobre o candente problema criado pelo Brexit.

Ver mais
23 DE JULHO DE 2016, SÁBADO
FONTE: RC
POR: Cipriano Justo
Nestes dias tem-se notado maior vozeirão da direita contra o governo e a maioria parlamentar que o suporta. Aqui se discutem as razões dessa actuação e a linha de resposta que permitirá vencer o ciclo político e deixar a direita a vociferar sem consequência.

Ver mais
22 DE JULHO DE 2016, SEXTA FEIRA
FONTE: RC
POR: Paulo Fidalgo
Quais são as consequências da votação britânica pelo Brexit? Como deverão as forças de esquerda ajustar-se à nova realidade? É o que se tenta responder ao eleger como alvo de luta a política de direita nas instituições europeias e em demasiados países europeus.

Ver mais
20 DE JULHO DE 2016, QUARTA-FEIRA
O Comité Central do Partido Comunista reuniu-se a 17 de Julho e analisou em profundidade os últimos desenvolvimentos do país e discutiu também o estado do partido e as suas tarefas.

Ver mais
17 DE JULHO DE 2016, DOMINGO
FONTE: O Público
POR: Jorge Almeida
O futuro da ADSE continua a merecer debate e intervenção activa. Jorge Almeida, um médico hospitalar e sindicalista de sempre, defende aqui a ideia da mutualização e autodeterminação dos beneficiários como forma de permitir ao Estado concentrar-se no imperativo constitucional de prosseguir a igualdade dos cidadãos por via do Serviço Nacional de Saúde.

Ver mais
24 DE JUNHO DE 2016, SEXTA FEIRA
FONTE: RC
POR: Carlos Brito
Carlos Brito faz aqui o ponto político do país ao 7º mês de funções do governo do PS suportado por acordo do PS com BE e PCP.

Ver mais
03 DE MAIO DE 2016, TERÇA FEIRA
A ADSE deve ser dos seus beneficiários!
Proposta da Renovação Comunista
Depois do Estado cessar a sua cotização enquanto entidade patronal para a saúde dos trabalhadores do Estado, nada justifica que continue a dispor de poderes sobre esses recursos e continue a tutelar indevidamente a ADSE. Para o ponto de vista comunista importa desenvolver uma relação económica e social de associação de cidadãos que se autogoverne e autodetermine e é nesse sentido que avançamos com a proposta de criação de uma Mútua de trabalhadores, em total autonomia do Estado. Importa assinalar que a manutenção da ADSE no Estado, para além de ser indevida por representar o exercício descabido de poder, choca abertamente com a obrigação constitucional de promover a igualdade dos cidadãos na saúde por via de um Serviço Nacional de Saúde geral, universal e tendencialmente gratuito. Ora, essa obrigação não se compadece com a administração de um fundo que na realidade representa um subsistema diferenciador dos cidadãos. Os cidadãos podem organizar-se livremente para fins próprios mas ao Estado cabe prosseguir a igualdade entre todos e isso é tarefa do SNS sem conflito de missões com outros subsistemas.

OPINIÃO
11 DE JANEIRO DE 2016, SEGUNDA FEIRA
Publicado no Tempo Medicina
O acordo de governo entre a esquerda e o centro-esquerda permitiu alcançar resultados importantes em domínios que a crise tornou inadiáveis. Coloca porém sérios desafios na definição de políticas a mais longo prazo que começem a desenhar um país novo, solidário e moderno. No sector da saúde, Cipriano Justo aponta uma séria deficiência na definição estratégica que importa debater e superar.
REFLEXÃO
22 DE FEVEREIRO DE 2016, SEGUNDA FEIRA
POLEMICAR: reflexão breve de Cipriano Justo
O Ministro da Saúde defendeu a transplantação de órgãos como prioridade para a saúde quando visitou, recentemente, o Hospital de Santa Cruz, um centro pioneiro, de excelência, para a transplantação cardíaca e renal no nosso país. Cipriano Justo resolveu comentar como pode ser discutível a escolha de prioridades.
DOCUMENTOS
15 DE ABRIL DE 2016, SEXTA FEIRA
Projecto da Renovação Comunista em discussão!
A Renovação Comunista coloca à discussão pública o seu projeto de "Comunidades Locais de Saúde".Até hoje, o país não tem estruturado uma verdadeira política de saúde. Apenas tem agido sobre o funcionamento dos serviços de saúde sem agir sobre a procura, limitando-se a esperar que caiam na sua rede os "corpos vítimas das diversas noxas constitucionais ou ambientais" (frase célebre de Marc Lalonde) sem cuidar de reduzir a procura, sem construir as condições para diminuir a procura de serviços e aumentar a esperança de vida com saúde. É responder com ação do lado da procura que leva a Renovação Comunista a colocar ao público em discussão a criação de um dispositivo de intervenção organizada das comunidades para modificar a procura e fazer aproximar o país dos melhores resultados em "esperança de vida com saúde". Pode consultar a proposta aqui .

28 DE JANEIRO DE 2012, SÁBADO


16 DE NOVEMBRO DE 2010, TERÇA FEIRA


27 DE MARÇO DE 2010, SÁBADO

06 DE JANEIRO DE 2007, SÁBADO

24 DE MAIO DE 2003, SÁBADO
Conheça o manifesto da Renovação Comunista, o documento fundador do movimento

22 DE MARÇO DE 2003, SÁBADO